O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

10/30/2008

Eu e Meus Amigos (!?)



Eu tenho um amigo imaginário (virtual) no Orkuta que, até hoje, não sei donde ele veio, porque se tornou meu amigo e pr'onde ele vai... Sei que somos amigos a muito tempo, quase que da época do início daquilo lá.

Bem, esse meu amigo é, acima de tudo, lindíssimo. Aí começa minha raiva... e, como se não bastasse ser lindo, ou melhor, lindíssimo, a vida dele é uma aventura, sempre em altas viagens pelo Brasil e o mundo, fazendo esportes radicais, tomando banho em cachoeiras, fotografando animais selvagens e, não satisfeito ele ainda é rico pra dedeu!!! O que é pior nisso tudo, é que deve ser tudo verdade...

Só não entendo o porque que somos amigos no Orkuta, nem nos falamos quase... - ele é muito simpático comigo, muito agradável quando nos falamos, mas é raro - A única coisa que rola constante é que; sempre que entro no Orkuta a fotinho dele tá lá, aparente, com um corpo magnífico, com olhos brilhantes, sorriso perfeito, fazendo rapel, andando em florestas - sim, ele troca constante mente a foto do avatar pra passar na minha cara o quanto ele é bem! E ele é bem! E tá lá, no meu Orkuta como se fôssemos amigos mesmo!!!

Ele com aquela vida intensa, eu com essa vida patética... Mas mesmo assim, amigos inseparáveis!!! Ódio!!!

Mas o bom de ter esse amigo - que até o nome dele tira muita onda - é que ele subiu e muito o meu padrão de inveja... Sim, agora demora mais um pouco pra neguzinho tirar onda com a minha cara, pois sempre que vejo os pavões se abrindo em cores por aí eu penso: "Não é como o meu amigo... nem chega perto aí..." E até rio de gente assim...

Opa! Acabo de ver o porque tenho esse amigo... hummm... maneiro... Mas aposto contigo que, se um dia eu e ele nos encontrarmos numa rua, passaremos direto sem nem um dos dois perceber, que somos super amigos, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!

10/29/2008

Nunca Pensei...


...que pudesse sentir tanta saudade de um lugar como sinto de lá. E hoje ta tudo tão forte dentro de mim que, se eu pudesse, nossa, se pudesse, partiria pra lá em uma vassoura e, ao chegar, saíria a andar pelas ruas de lá... mesmo sem casa pra ficar, mesmo sem lugar pra entrar... só queria mesmo é andar por lá. Sim, pois qndo se anda lá se faz carinho na cidade que te responde sendo mais linda do que tu poderia imaginar... sorrindo pra ti, te dando coisas que nem dá pra te explicar assim, numa carta ao vento.

...como sinto saudade de lá hoje. Sinto tanta saudade que se pudesse, ah se pudesse, me jogava daqui e só parava lá, iria no jardim onde eu iria morar e ficava andando por lá... lá foi feita pra andar.

Nunca pensei que um dia sentiria tanta falta de uma cidade, como senti dos amores aos quais, perdi no caminho da vida... só espero não esquece-la jamais, como tento fazer com as pessoas que não me querem mais.

10/26/2008

Tristeza não tem fim...



E. diz:
18 copos de cerveja????????????
Pato diz:
caraca, q susto! onde!? deixa q eu bebo!!!
E. diz:

"Pato diz (23:06):
passei do copo 18
da nisso
E. diz (23:07):
um minuto... tel...
[horas depois]
E. diz (00:22):
18 copos de cerveja????????????"


Pato diz:
ah po, eu tava aqui babando no teclado já e tu me vem com essa?! eles já foram... passou, amanhã... é outro dia, e sei lá se saberei viver sem eles...

10/20/2008

MERDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA



Paguei o condomínio e não sei onde coloquei o recibo, ninguém nunca cobrou isso, ou disse que estava atrasado, pois foi pago!!! Mas todo os dias ela me olha e pergunta: "tu achou onde ta o recibo do condomínio!?" - como uma gota no balde de metal, todo o santo dia ela me pergunta isso!!!

Enfie no meu fiofó essa merda!!! Não acho esse papelucho ridículo em lugar nenhum desse quarto!!! O que será de mim?!??! Eu não aguento mais esse fantasma me perguntando onde está esse papel infeliz!!!

AÍ DE MIM!!!

Queimando Lenha 1.2



A gratidão é um espírito raro, e não é pra qualquer um não... e eu acho q por isso que são poucas as pessoas que se sacrificam pra ajudar alguém, pois a gratidão não rola. Não digo isso porque acho que a pessoa que recebeu uma ajuda tem que ser eternamente grata, acho que cada um é cada um mesmo e nem todo mundo tem a sensibilidade pra entender que tu "não se deu bem" por ter alguém te ajudando e, por isso, tu precisaria ser agradecido. Dane-se isso.

Mas o que mais me irrita, e me irrita profundamente é, ver pessoas que agem de forma malandra, que abusam da boa vontade das pessoas, reclamando com a cara de pau mais imunda do mundo, da falta de espírito colaborador das pessoas. De repente eu me pego assim, tendo que ouvir coisas sobre tudo e não falando nada, absolutamente nada sobre nada aí venho aqui e me jogo...

Só espero não transformar o Batatada num muro de lamentações... não seria justo! E eu não seria grato também... enfim, meu humor ta voltando... assim espero! Obrigado aos Deuses por isso!!!

10/19/2008

Queimando Lenha 1.3



Pé na Jaca! Bem, já deu pra ver que nem posso mais fazer isso... acabou meus dias de fanfarrão, pois alguns goles de tequila quase me mataram mesmo. Sinto muito pra mim... porém, até chegar a hora do "me fodi bonito" eu me diverti tanto, mas tanto que me lembrei até quem sou eu, tipo, o que sou eu na real.

Adorei ir até o fim dessa história assim, completamente doido e feliz, nossa, andar com S. pelas ruas de N. falando: "cara, nós não vamos conseguir!" foi divertido de mais e, dormir no banheiro com a cara no vazo foi o toque de mestre pra foder com minha vida... Respondo o que no dia seguinte?

Sim, porque perguntas surgiam do nada pra me bombardear e, felizmente, não rolou dor de cabeça... digo o que? Nossa, perdi a linha uaí, fazer o que? Eu nunca fui santo mesmo e nem por isso serei o rei dos demônios, né verdade?

Eu comi água!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! As vezes rolá né?!

10/17/2008

Queimando Lenha 1.1



Cara, na hora eu achei que ia morrer de depressão, mas assim, naquela hora, eu ia secar como uma planta que não recebe água a anos. Foi, deu uma dor no coração, mas uma coisa tão doida que eu achei que ia cair e babar no meio da rua. Sempre assim, emoções fortes vem do nada.

Mas daí relaxei, acho que aprendi isso com a vida, relaxei e fiquei observando, conversando, falando, sentindo pena de mim mesmo... Normal. O problema é não ter pra onde ir, não ter como sair e fumar um cigarro mesmo sabendo que está sendo criticado até por almas de outro mundo! Doido isso!

Eu fiquei lá, relaxando, sempre relaxado... E toda notícia feliz me dava uma sensação que... nossa!!! A melhor coisas que as pessoas apaixonadas por mim podem fazer é se livrar de mim... é quase como ganhar na loteria! Vem um cara muito melhor, mais bonito, mais capaz, mas forte e entra no meu lugar assim, como de encanto!!! Eu sou a antítese do principie encantado e, pelo que vejo, atraio pras pessoas verdadeiros castelos com principies e final feliz!!! Feliz sim, graças a Deus! Não reclamo disso, apesar de sentir uma inveja mórbida, torço pra que sejam felizes mesmo... são lindos, nasceram um para o outro... Mas porque me tiraram do meu quartinho escuro sorrindo pra mim, falando lindo pra mim, mostrando lindos olhos brilhantes, me chamando pro lado de lá... de repente, to eu aqui, perdidinho em campos azuis, sozinho como no quarto escuro, olhando pro descampado sem saber pra onde ir... vou pra onde, caralho?!

Mas na verdade, na verdade, não desejo mal a ninguém... Nem posso! Só acho coincidência de mais, só isso. E daí? Fico até torcendo, pra que tudo de certo e que sejam todos felizes... inclusive eu, uai... se possível, claro!

10/15/2008

Queimando Lenhas 1.0



Eu não sei se estou com vontade de escrever aqui, mas vou tentar. Estou tentando a muito tempo organizar minha cabeça de vento pra poder ter o q dizer, só que ta com muita coisa ao mesmo tempo agora e não posso muito sair do que to fazendo pra fazer nada além... E essa coisa do tempo é q me da nos nervos. Pois nunca sei se perco tempo ou se realmente vivo o meu tempo. Sei que ando sentindo uma saudade de mim mesmo e de minhas vontades, de meus queridos desejos, minha casinha linda...

Sei lá viu, mas eu sempre penso que tudo pode ter tempo, ou cada coisa tem seu tempo, mas eu ando tão cansado de esperar que o tempo se faça e, as coisas fiquem meio igual a Dolores Duran concluindo "A noite do Meu Bem" - tipo, nem sei se eu quero... pois demorou... sei lá!

Bem, concluindo o que reflito aqui, não acho que os grandes roteristas conseguiram realmente entender a lógica do que se passa nas mentes e nos corações de seus personagens... se tivesses entendido, nada seria assim, tão apagado e previsível.

Bem, um dia eu chego lá.
Desculpa qualquer coisa.