O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

6/30/2008

Um dia como outro qualquer..



Se eu tivesse coração de pedra, sim, seria um dia desses que passam e vão. Se eu fosse lesado como sempre me achei, se eu fosse debochado, se eu fosse frio como sempre quis ser, seria sim, um dia como outro qualquer.

Ah se eu pudesse esquecer as coisas que poderiam acontecer nesse dia!!! Taças bateriam, brindes ao que de melhor há nos corações e mentes, danças legais, risadas demoradas... piadas!!! festivais delas e beijos pra selar um dia como esse... e é a espera do tal beijo que me faz não querer esquecer tal dia esquecido, que será vivido como um dia como outro qualquer... como a muito tem sido.

Quem se importa se me importo!? Sim, pois se resolvo demonstrar sou logo jogado de canto... largado no mar para que tenha paciência e possa viver esse dia como se vive os outros dias e nada mais.

Nada me faz pensar que esse seria um dia como outro qualquer, nada me deixa esquecer que é isso que devo lembrar:"esse é um dia como outro qualquer!"... nada acontecerá hoje.

O que me deixa feliz é que sei que a culpa não é minha... pois de sonhar, ninguém me impedirá, e hoje, nossa, hoje vou ouvir muitos: "hey, você ta em marte!" pois estarei fazendo tudo que deveria fazer nesse dia, que não passa de um dia como outro qualquer.

The B-52's - Give Me Back My Man



She cuts her hair
and calls his name.
Wishin' everything could be the same,
like when she had him.

Chorus:
I'll give you fish,
I'll give you candy,
I'll give you everthing I have in my hand.

Walking out of Korvettes,
Package in her hand.
Motions to all the seabirds,
throws divinity on the sand.

(chorus)

Give me, give back my man (x2)

Her head's in a whirlpool,
spinnin' round and round.
If she don't get her man back
she's gonna drown.

I'll give you fish, (Where's that motorboat?)
I'll give you candy, (My man's in the motorboat)
I'll give you everything I have in my hand.
(Her man's in the motorboat, give her back her man.)

Give her, give back her man,
Give her, give back her man. (repeat)

6/28/2008

Meu MSN é uma fonte inesgotável...



"K. diz:ninguém merece vou dormir pq minha alma já não me pertence...detalhe estou amargando até hj os dois copos de cachaça que comprei ontem po r20 reais
escrito no copo: estimulante líquido de coragem e no outro removedor líquido de vergonha..
mas eu fiz isso amigo
bebada comprei dois copos de cachaça com essas frases por 20 reais...detalhe trabalhei hj pra ganha ro dinheiro pra pagar os copos..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
vou nessa pq minha alma abandonou meu corpo ontem...
bj."

... de sabe se lá Deus o que...

6/27/2008

SexualMENTEfalando.............................




O que torna uma pessoa mais sexual que a outra?
Será algo hormonal mesmo ou imaginação pura?

Eu escutei duas coisas que me fizeram pensar em sexo:

"se sexo fosse bom mesmo, não precisava de tanta fantasia pra se fazer essa merda, tipo comida do MacDonald's, saca? a porra é ruim pra caralho, tem gosto de nada, mas fotografa bem, e tu ganha brinquedinho se comer, entendeu?"


"olha, a energia sexual de uma pessoa é tão forte e o sexo é tão maravilhoso q muita gente se descontrola por isso... as pessoas não iam perder seus controles por conta de qualquer coisa, não acha? nunca vi ninguém descontrolado pra comer os plásticos do MacDonald's, se tu quer mesmo saber..."

Alguma coisa sobre romantismo em mim



Bem, eu não sei o que realmente me fez sentir isso, mas foi uma coisa doida, pois não se falava sobre nada assim, mas eu ouvi uma frase estilo: "eu sou meio romântica nessas horas" e a música "olhos negros" começou a tocar na minha mente.

Que música é essa? Sei lá! Era algo que se orquestrava com um vento gelado de inverno nos trópicos e a sinfonia vinha do mar escuro e do tilintar de alguns cílios que adornavam aqueles olhos negros!!! Eu respirei mais lento naquele momento e vi tudo andar de vagar.

Como que um simples "momentinho de nada" pode trazer tanta poesia e música assim?!?!

As cores em tom de azul escuro real, mescladas com azul petróleo e azul cinza, meio puxando para um verde obscuro saindo de folhas e nuvens densas porem espalhadas colocavam as coisas mais insinuastes, dando um lar para as canções românticas de amores impossíveis... e isso tudo num simples momentinho que mais parecia um filme sendo rodado e nada, mas nada tinha realmente um ar de realidade ali!

Sei que eu mergulhei tanto na atmosfera que até esqueci quem tava por ali realmente, se realmente tinha alguém ali além de "olhos negros", a música mais linda do mundo, que ainda não sei qual é... mesmo tendo a certeza que a escutei!

6/25/2008

Um Estranho Silêncio no Ar



Eu tenho em mim que um grito bem dramático poderia fazer com que ele entenda o quanto estou sentindo dor nesse momento absurdo onde uma pessoa dá 3 tapas na minha mão e ri, mesmo sabendo que ela foi picada por um inseto e tá inchada como um pão no forno!!! E doí caralho!!! Doí muito!!! Como doí essa merda...

Mas um dia passa... um dia, passa...

6/17/2008

I Put a Spell On you?! Sorry...




Pato diz:



E.diz:
nega bonita
do you believe in spell?
tu acredita?
em feitiço?

Pato diz:
sim
pq não acreditaria?

E. diz:
ah
pq
eu não acredito
e não vejo pq acreditar
rss
tipo
nunca vi ninguém
enfeitiçado
vc já?

Pato diz:
eu mesmo

E. diz:
uia
brother
vo nessa

Pato diz:
vai la

E. diz:
boa noite..
e bom descanso

Pato diz:
pra tu tb

6/15/2008

Então ele passou por mim



Sim, ele era loiro e tinha um cabelo enorme, liso e bem cheio, costeletas grandes, barba por fazer, olhos claros (azulados, eu acho) uma pele meio queimada de sol, era baixo - valeu - mas andava com um colete - eu nunca vi ninguém andar de colete sem camisa na rua - uma calça jens escura e não me lembro de ter visto alguma tatuagem, mas nem precisava, era como se ela existisse, existindo ou não, entende?

Pois ele passou por mim num andar seguro, olhando pra frente, com cara meio amarrada e eu me senti um fã! Um fã de quem, oras bolas? Quem era ele?! Provavelmente ninguém, afinal de contas, eu não moro na California!

Ele passou e eu fiquei olhando como se fosse uma celebridade passando por mim... Mas quem?!?!? E se não for ninguém?! E se for alguém importante, quem era? Como vou dizer as pessoas que cruzei com "sei la quem importante pra caralho" na rua?!

Me deu uma coisa, eu achava que as celebridades eram construídas e não nasciam daquele jeito... deu uma coisa estranha... será que ele ia pra uma festa a fantasia? Mas era de tarde isso, perto das 4 horas.

Bem, sei que ele passou por mim e eu olhei bem, sim, olhei pra que se ele aparecer por aí eu possa dizer: "nossa, esse cara passou do meu lado na rua!!! Era ele sim!!!"

6/12/2008

Eu adoro o dia dos Namorados!!!!





Eram as festas mais legais do Crepúsculo de Cubatão!!!

6/11/2008

Eu e meus Sonhos



Tive um sonho ontem muito estranho, pois nunca me vi, em sonho, em uma situação tão real como essa. Sonhei que andava pela rua da praia para fazer algum pagamento em algum banco - como rola sempre - de alguma conta e, de repente, uma espécie de tempestade descontrolada, dessas tipo ciclone sub tropical, caiu sobre as ruas meio que destruindo tudo que estava na frente da praia.

Vidros caiam e explodiam como bombas no chão, tipo música apocalíptica de Eduardo Duzek , e algumas pessoas eram arrastadas pelo vento. O que mais me marcou foi ver pombos sendo arremessados nas paredes como balões de gás cheios de água. Eu consegui entrar na loja aqui do lado da minha casa que teve seus vidros espatifados e fiquei preso dentro de um lugar fechado da loja junto com um funcionário que eu não conhecia e por isso, não tinha assunto, só ficávamos meio que rezando e com um medo punk lá de fora.

Barulheira infernal!!! Gritos, buzinas, luz piscando, curtos e o que mais de pirotecnia se pode imaginar em situações como essa. Doidera mesmo. Só que alguma coisa me dizia que não era o fim e isso me dava um nervoso morbido, pois eu pensava, "merda, porque to passando por isso tudo, se ainda nem é o fim?!"

Sei que dormi até o final da tempestade e pude ir a rua ver o que sobrou de tudo, no sonho. O que me deu um pancadão na mente foi ver que nenhum prédio tinha ruido... todos em pé! como se nada tivesse acontecido, porem, o chão da rua era como um mar de sangue, lama e destroços... O que me irritou ao ponto de me fazer acordar foi o cheiro daquilo!!!

Ao acordar, dei de cara com um dia lindo, um sol magnífico e um cheiro de comida fritando delicioso vindo da cozinha de alguém... E fui ao banco pagar uma conta qualquer... No caminho, o tempo mudou, um vento entrou forte, acinzentando tudo e me deixando com o cu na mão! Só que eu me lembrei que eu não sou a Mãe Diná... então relaxei...


Grace Jones - Pars



Alors pars, et surtout ne te retourne pas!
Sai batido, e sobretudo não volte!

Pars, qu'est-ce que tu dois faire sans moi?!
Vai lá, o que tu vai poder fazer sem eu?

Quoi qu'il arrive, je serai toujours avec toi,
Assim que ele chegar, estarei do seu lado

Alors pars, et surtout ne te retourne pas!
Sai fora e sobretudo não volte!

Et l'enfant, il est avec moi,
O guri, vai fica comigo

Il est la, il est drole comme tes yeux,
Ele ta aqui, é engraçado como seus olhos

Il est comme toi, impatient,
ele é como tu, impaciente

Il n'a de peur, Il aime la vie,
ele nem tem medo, ama a vida!

Et la mort ne lui fais pas peur, o pars!
A morte não lhe da medo, Ah Sai Batido!

Tais-toi! Mais qu'est-ce que tu as? Pars!
Fecha o bico! Mas o q tu tem? Vai lá!!!

Je t'aime, toujours, il faut toujours,
Eu te amo e sempre te amarei

Alors pars, tire-toi!
Sai fora! Se manda!

Ça va, pars, qu'est-ce que tu dois faire? Alors pars,
Ta beleza, rua, o que tu poderá fazer? Vai logo!

Ça va bien, pas de probleme, pars,
Ta beleza mesmo, sem erro, sai fora

Mais, reviens a moi, alors pars.
Mas um dia venha pra mim, Agora sai batido.

6/06/2008

André Fradique






Nossa, eu quase endoidei ouvindo isso mesmo. Fiquei sem fôlego, me deu uma sensação que tava eu entrando pelos filmes do Peter Greenway a fora, que eu era amigo do Michel Nyman, que sei lá mais o que!!! É tão lindo isso que me comoveu, me derreteu, me fez sorrir e chorar... Eu meio q derreti a cada teclada desse piano, me movi de novo, sei lá, evaporei!!!

Nossa, isso é tão lindo q merecia ser tatuado em todos os corpos do mundo!!!

6/03/2008

Prova F



O que seria bom pra todos nós?

Eu digo coisas, às vezes, que não podem ser realmente ditas, e eu as digo sem nem ao menos falar, mas não gesticulo também não... eu digo assim, como quem se cala.

Aí eu espero que alguma coisa aconteça em reação aquilo que foi dito de forma tão sem noção e simplesmente nada acontece. Sim, como se fosse permitido dizer essas coisas que não podem serem ditas nem assim, em silêncio!

Mas eu nunca me calo, repito inúmeras vezes, desafiando a ordem, assim, como quem come maçãs no paraíso, entende? Pois então... Vou eu lá, repetindo e repetindo algo em total mudez de sentimentos, gestos e fala.

Seria bom eu parar com isso, e temer mais o que seria um provável castigo... Ou será que o "nada acontece" está sendo o tal castigo esperado? Nossa, se for isso, os "controladores do pode ou não ser dito não importa como" são realmente bons nisso de castigo... Impressionante.

6/02/2008

Donna Verão



É isso, o que tem me dado alento na vida e me tirado um pouco esse canseira monstra das costas é a Donna Summer mesmo. Fazer o que?

Algo acontece que me faz sentir livre nesses i love you dela... fora esse frio ali de fora...

Nossa, ontem tomei uma chuva gelada vindo da casa de R. até minha casa. Foi tudo tão igual a uma vez em outro lugar que me fez sonhar acordado...

É a Donna Verão em casa e Tia Grace Jones no mp3... e um pouco de Demolition man entra no meu sangue... é isso!