Páginas

O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

5/12/2018

assédio sexual Infantil e outras merdas...



Oh, que assunto polêmico!!! Não existe nada mais hipócrita em uma sociedade que não investe na #educação #sexual #infantil ficar horrorizada com o assédio as crianças que, por não serem informadas de nada, na grande maioria das vezes, não tem ideia do que está acontecendo, sofrem com os abusos caladas pois não sabem nem o que deve ser dito e para quem... A educação sexual seria algo coletivo formando, em sala de aula, jovens e crianças com informações fundamentais para que saibam como agir ou mesmo reagir a esse crime. Com muito mais chances de evitar traumas!!!

Vi uma reportagem muito difícil sobre um técnico da seleção de atletas olímpicos de ginastica ter sido, durante anos, um abusador... o que me chamou atenção nessa merda é que – durante a formação das crianças – as coisas eram vistas, até entre eles mesmo, como piadinha, como brincadeirinha e hoje, depois que um resolveu denunciar, todos eles entenderam que eram abusados e assediados sexualmente por esse homem. Tá, eu deveria estar aqui xingando esse moço, revoltado com tudo que ele fez, mas confesso que o que mais me espantou nessa história é o fato dos meninos simplesmente não saberem MESMO, que estavam sendo abusados, mesmo sofrendo invasões corporais muito óbvias, como pegar no pênis, de tudo isso ser feito em clima de brincadeirinha e “aceitação” recheado com medo – sim, dentro de ambientes assim, o que mais se faz, é dizer que foi brincadeira e encher a cabeça da criança de medos para que não haja denúncias... escroto né?!

Pensa nessa concepção que define o esporte como uma forma saudável de desenvolvimento infantil para afastar as crianças de uma vida ruim, com drogas e coisa e tal, e dentro desse ambiente, que seria o caminho para o paraíso da vida de uma criança, tem um tarado no comando, dizendo a elas que o que ele faz é fofinho e elas, sem saber de nada, simplesmente porque nunca foram informadas, não podem reagir, denunciar, se proteger... agora pensa em professores que são realmente carinhosos, respeitosos, amorosos e querem o bem das crianças mas sendo confundidos com esses tipos de tarados porque, ao invés de informação, o que temos? Paranoia!!! Toda fomentada por uma mídia mais interessada em furo de reportagem do que em real cuidado com a saúde das crianças e das famílias.


Pois então, quando escutarem de uma criança que ela foi molestada sexualmente e que ela NÃO SABIA que estava sendo abusada sendo que aquilo só a incomodava mas ela NÃO SABIA do que se tratava, ao invés de dar ouvidos a pastores (prováveis abusadores também) pensem em como seria importante saber que seus filhos estão bem EDUCADOS sobre seus corpos, sobre o que pode acontecer ou não pode acontecer, sobre sua natureza humana e deixem que a EDUCAÇÃO crie essa barreira colocando medo no abusador e não nas crianças!!!

bjs! 

Nenhum comentário: