O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

1/16/2010

"os Sóter" << isso é doido de mais!!!!



As vezes é assim que me sinto... vários seres presos num corpo só, seres que não se dão, q brigam muito, que sentem ódio desse pouco espaço e desse limite físico natural...

Eu não sei se eu faço falta nessas coisas ou essas coisas fazem falta em mim, pois desde q acabou o Parangolé eu me sinto vazio, sinto q as crianças sobrevivem muito bem sem mim, sem gritar "Tio Sóter!", sem pular encima de mim, sem pintar minha cara, sem me amarrar na cadeira, sem me dizer "acho isso um saco!", sem cantar pra mim, sem dançar comigo, sem correr e gritar no corredor comigo ate o banheiro, sem fazer guerrinha de água na hora de lavar os pinceis e material de pintura, sem chorar e me contar q a historinha lembrou a morte do avozinho dela, sem estourar balões no dia dos mortos acreditando que estava na verdade libertando almas presas, enfim... sei q elas nem pensam mais nisso... Mas eu penso nisso todo hora!!!!

Não estou triste com o fim, acho que me acostumei bastante com a vida acabando com a graça das coisas, ontem mesmo um amigo meu falou que muita gente ta puta com meu comportamento pacifista de ficar aceitando tudo e não se rebelar por nada... mas o que eu posso fazer se a vida é isso aí, um dia a terra treme, as pessoas morrem como quando tacam formicida em formigueiros e pode se fazer o que?

Traduzindo em miúdos, minha incapacidade de continuar com esse trabalho me deu um trauma filho da puta que não sei bem se sinto saudade de sala de aulas cheias de crianças doidas ou se tenho pânico disso... não pânico das crianças doidas, pois me entendo muito bem com elas, fui assim!!! acho que ainda sou... acho mesmo... pânico de me ver órfão de novo dessas criaturas perfeitas e poderosas. Eu nunca tinha visto de perto a mágica que é a educação sem críticas ruins e sem condenações babacas...

Enfim... Aí de mim, H., aí de mim!!! < bem no estilo carpideiras viuvas portuguesas de Assoires... ehehehehehehe

Nenhum comentário: