O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

7/14/2009

O Sem Rosto



Trata-se de uma personagem que vi em um desenho japonês maravilhoso chamado: "A Viagem de Chihiro".

Essa personagem me chamou muita atenção, não sei se porque estou super envolvido com coisas espirituais ou porque a reconheci nas minhas trajetórias pela vida. O Sem Rosto - como é chamado - é um ser, do mundo do espíritos, que, mas parece uma mancha preta como uma sombra. Nem por isso ele é um ser mal, ou bom... ele, na verdade, não liga pra nada e pra ninguém e parece estar sempre procurando alguém e, por estar muito tempo com essa forma, não é notado e tanto por isso, não nota.

Mas acontece que o Sem Rosto, quando percebe que alguém o percebe, ele segue aquilo que o percebeu como um cãozinho perdido que achou seu dono. E a função dele passa ser fazer aquele ser que o notou o mais feliz possível, e, sendo assim, tudo que acontece com aquele ser, ele se mete.

Então, se alguém faz algo de ruim pro tal ser, ele ferra a pessoa! Se o ser quer alguma coisa, ele faz aparecer muito daquela coisa! E por aí vai e, ele não tem limite em relação ao escolhido... E aí que mora o perigo.

Acho que quando eu era criança, e agora é sério, eu vi um ser assim e, por isso fiquei boladaço com o desenho, alguma coisa muito escura e delicada que me acompanhou quando percebeu que eu "o vi". E esse ser ficou bem perto de mim mesmo, me protegendo, me ajudando, realizando meus sonhos, me tornando também um solitário... Eu bolei quando vi essa personagem e pensei, quem será que bolou isso? Será que mais alguém viu um Sem Rosto ou esse tipo de entidade rola por aí em lendas sobre espíritos?

Não se trata de um encosto, não é alguém que te perturba ou te suga a energia, mas pode ser algo que te atrapalhe muito, sem que tu saiba... Uma vez, em um centro espírita, uma senhora maravilhosa, fez uma palestra sobre espíritos e falou uma coisa que me lembrou muito esse ser. Ela disse que, é errado essa coisa de querer se livrar de espíritos como se fossem coisas ruins e que, é importante iluminar essas criaturas, oferecer good vibes, ofertar amor para que elas possas achar seus caminhos...

Nesse mesmo movimento com o Sem Rosto que me seguia, deu-se um momento de muita insatisfação dele em relação a mim, era um momento que eu não o via muito bem mais, ou não ligava mais tanto assim pra aparição dele e, isso o revoltou, e muita coisa doida e ruim rolou comigo principalmente na hora do sono. Isso durou bastante tempo e, tive que ir a um centro espírita de mesa pra poder dormir de novo.

Então, ao chegar no centro, numa mesa cheia de médiuns, coloquei minhas mãos no ombro de um deles que catalizou a parada toda e, eu senti muito que estávamos nos despedindo ali! Eu senti isso forte, o médium falou uma parada muito doido... "eu quero ele! Eu quero ficar com ele!" mas não houve jeito, ele se foi... espero que pra um caminho maneiro... e no desenho, acontece algo muito igual!!! Será que isso é um fenômeno espíritual que rola por aí? Esse desenho mexeu pacas comigo! Queria conhecer e conversar pacas com quem bolou aquilo!!!

Um comentário:

Clau disse...

Na verdade eu acho qeu eles estão sempre com a gente... tem fases que estamos mais sensíveis e conseguimos perceber sua presença... será?