O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

6/29/2009

Uma História Muito Ruim!



Sabe essas histórias que acabam servindo pra lições nas nossas vidas? Mas são sempre histórias muito ruins, por isso, se não quiser entrar, não entre mesmo. Pare daqui e procure algo mais divertido pra ti, agora, se entrou, exatamente apois esse parágrafo, começo minha história:

Trata-se de um guri, filho de uma dona que, ficou sozinho, ele e a mãe, durante muito tempo da vida deles. Nesse período, ele, como era guri, sismou que deveria se preparar pra poder defender a mãe. E assim o fez, estudou judô, karate, ficou um rapaz alto, forte, bonitão e muito bem educado e muito humilde também.

Um dia, quando ele estava já esse rapaz bem preparado, sua mãe, ainda jovem, arrumou um namorado e se casou com ele. Esse namorado era um canalha abusado e, um dia, ameaçou-a de bater nela... Foi quando seu enorme filho se levantou das sombras do "não me meterei na sua vida, mas quero que esteja feliz" e partiu pra cima do coroa abusado e disse, apenas disse - e esse foi o erro:

- Se tocar um dedo em minha mãe, eu te arrebento!

Ao ver tamanho homem em sua frente, o abusado se recolheu e quase se mijou, mas, como todo bom covarde, planejou... planejou... e, na calada da noite escura daqueles que pulam de moitas pra surpreender sua presa, esse nojento ordinário, com uma faca na mão, esfaqueou o guri honrado, que só queria proteger sua mãe.

Então, o gigante amoroso, caiu por terra morto, e o selvagem matusquela, sorriu feliz vitorioso, achando ter acabado com seu maior problema. O único que impediria de se mostrar macho encima de uma mulher indefesa...

Pois então, moral da história é simples como beber água... não se ameça um canalha. Se quer bater, bata! Não faça uma mente obscura ter medo de ti.

2 comentários:

paula_liebe disse...

Interessante. Mas se a mente era obscura era melhor o rapaz tê-lo matado, pois somente com uma ameaça ele quem foi morto.

Patolinus - O Pato! disse...

pois é, a história é meio trágica por isso, pq se falou e não agiu...