O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

5/28/2008

The Great Gatsby



Passou hoje, num canal aberto desses, e eu tive a sorte de poder assisti-lo. Sim, pois é uma sorte assistir O Grande Gatsby, porque não é um filme recorrente, que deve estar em casa e ser pego e colocado num dvd da vida. Não mesmo... Ele deve ser visto assim: quando se muda de canal, no meio do vazio que se tornou a TV, um canal qualquer, sem nem saber direito o que está fazendo, programou o filme de um tal Scott Fistigerald, sabendo que ninguém iria vê-lo mesmo, pois ninguém saí dos canais mais populares... Aí, zapiando naquele mar de nada, eu vi.

Nossa, que sorte poder ver esse filme hoje!!! Que sorte mesmo pois eu, com certeza o revi, mas é sempre como a primeira vez. Um filme que me deixa respirar melhor, com um texto tão bem escrito que me faz vibrar diferente, com diálogos fantásticos, cenas hiper bem pontuadas e, muita beleza, mais muita beleza principalmente humana.

Nunca tive tanta sorte na minha vida como voltar pra casa e ver esse filme, sem querer:

"quando ele encostou em mim com seu terno branco de linho, foi como peixes gelados nadando nas minhas veias e subindo até minha cabeça, aquilo me fez tão feliz que pensei até em chamar a polícia, então eu disse pra ele: - se continuar assim, terei que chamar a polícia..." - The Great Gatsby

Eu tive muita sorte em ver esse filme, assim, sem que eu soubesse que vivi até hoje, para poder me surpreender novamente, com aquilo que já bem conhecia. Isso me lembrou um amigo, que uma vez me descreveu a emoção que sentiu, quando ouviu "MOONLIGHT SERENADE"(devidamente corrigido, ;)thx mister!) sentado na varanda de uma bela casa, vinda ao longe, tocada na casa de um vizinho não muito distante...

Certas coisas são assim, elas elevam seus valores, quando nos pegam de surpresa... Elas elevam nossos valores... Nunca me senti com tanta sorte na vida. Colocar nesse canal, foi como acertar na loteria.

Um comentário:

Edgard Westwind disse...

Ô Pato......Eu também adoro o Grande Gatsby. By the way, a música não seria MOONLIGHT SERENADE? Beijos...