O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

7/11/2007

Ainda Sobre o Amor, uma história de ficção infundada

Pois eu tinha um amor, era lindo, deixei com a emprega e ela o quebrou... era lindo sim, tudo bem, não era aquele amor, mas eu o amava, era meu amor, e ela quebrou... e minha sorte foi que cheguei bem na hora de vê-la colhendo os cacos do meu amor espalhado pelo chão, se não, ela não ia nem me contar que quebrou meu amor, ia jogar no lixo e se fazer de sonsa...

Eu lembro até hoje, eu lá... parado olhando pra ela, ela agachada com os cacos numa pá suja... nossa, meu amor numa pá suja!?! Ela olhando pra mim, que raiva... “Minha filha, tu quebrou meu amor?!?” Ela lá, olhando pra mim com uma cara de idiota... Essa empregadas de hoje em dia não tem coração... Não tem não...

Sendo assim, acabou meu amor... quebrou...

Eu tinha um amor sim. Tudo bem que não era assim um grande amor, mas era meu amor... mas a empregada fez o favor de quebrar... agora já era... sem amor... bem, claro que vão me dizer montes, tipo: “quem mandou deixar seu amor com a empregada!” bla bla bla... mas já foi!

Bem, vou fumar um cigarro e já volto...

Nenhum comentário: