O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

3/15/2006

Sexo, Balelas e Falta de Sonhos



Fetiches e Frivolidades - Sabe, uma vez, eu fui convidado a participar de uma peça onde eu fazia um personagem de um velhote tarado que só entrava, fazia uma ceninha e saía - quase que uns bem 5 minutos do todo da peça... Na verdade eu - o velhote - ia num bordel para arrumar programa com colegiais - o fetiche do múmia - e, como era freguês do estabelecimento, meio que ganhava umas cortesias. Durante o processo de montagens do personagem, eu fiquei me questionado: "o que faz com que velhotes, super acostumados com o ato sexual, se tornarem fetichistas!?"

Durante o processo, eu fui me formando corporalmente como um homem bem acabado e babão, ingênuo e bem romanesco. Só que o velho nem curtia se despir - isso era o texto do doente, famoso doente que as pessoas adoram dizer que ele descreve a vida como ela é - ele adorava ser ofendido pelas meninas, que elas ameaçassem ele e por fim, se gozar todo só pelo escândalo...

Há tempos eu peguei a mania de ler Julia e Sabrina, porque a mãe de uma amiga querida, colecionava e, como eu tava sempre na casa dela, o "não ter nada pra fazer" era revirar as páginas dessas babaquices sem tamanho. Cara foi a minha "muleta" pra conseguir criar em mim um fetichista e montar um velhote assanhado num putero de quinta se masturbando com o pé da cadeira que foi atirada nele. Um golpe de mestre que me rendeu gargalhadas nervosas da platéia e elogios calorosos, veja você...

Só que, todos preferem a lambuzada de comidas enfrente a geladeira de "9 e 1/2 semanas de Amor" - patéticas cenas de mel na minnha pele pra tu lamber com olhos vendados, ridículo!!! - Do que o original: "Ultimo Tango em Paris", onde a manteiga é realmente usada com propósito. Isso é tão doido... A tal mãe dessa minha amiga, uma vez falou - sobre as Julias, Sabrinas e Angélicas - "eu sei que isso tudo num passa de bobagens porque já tranzei muito na minha vida pra saber muito bem o que é sexo, e deve ser por isso que eu adoro ler essas coisas, assim eu me iludo e vejo uma maneira de achar que a vida realmente tem graça..."

Talvez o fetiche seja uma volta ao mundo pra não aceitar o simples, agradável e curto caminho em linha reta... mesmo sabendo que ambos iram dar no mesmo lugar, estranho não?


Traições e Fidelidades. - Taí! Cheguei em um lugar muito mais bizarro que todos os outros!!! Uma vez, vi uma pessoa falar sobre pensamento... sobre como se controla o desejo físico não agindo, mas e o pensamento?

Pensa só, como pode ser possível viver o resto da vida comendo abacaxi se existe uma gama de frutas num pomar vasto pra tu experimentar? Certo que um ser humano não é um abacaxi e a comparação foi muito sofrível... Mas porque uma gama de excrementos genitais soltos a deriva num encontro casual pode ser chamado de traição?

Eu falo isso assim, como se fosse de outro planeta, mas eu tenho ciúme suficiente em mim pra entender que a dor de ter a pessoa amada se dissolvendo em carinhos nos braços de outro qualquer é comparável às vezes que meu dentista tentou encostar aquele motorzinho sem me anestesiar... Como não ser uma fonte de carinhos pra quem tu ama? Mas e quando tu não o é?... deve ser complicado dormir cometendo tal falha, mas como alguém pode dormir se fazendo negligente?

Aqui eu acabo a série de divagações sobre o mundo animal racional que é de todo charmoso e boçal!


Nenhum comentário: