O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

2/05/2006

Eu sou culto, bem...




Vi um filme francês ontem, tratava-se da história de um moleque charmozinho que foi estudar - sabe-se lá porque - numa escola só de mulheres charmozinhas.

Aí o filme era, charme pra cá, charme pra lá...

Muita gente assim, delicadamente entristecida, cheia de planinhos contundentes... muita fotografia de rostos limpinhos olhando para baixo com roupas escuras como moldura.

E, lá pelas tantas do filme, aparece à hipótese, de leve, que o rapaz veio a se encantar pelo charme de uma guria no meio de tantas gurias que só o aborreciam. A guria, delicadamente emburrada e charmosamente sempre muito triste e concentrada em sei lá o que, comenta sobre o livro: Madame Bovary...

Ela diz: Ela é chata porque os românticos são profundos e querem tudo que a vida podem lhes dar e muito mais... (veja bem, a pontuação reticente é porque ninguém exclamaria num filme charmosamente triste e doce) Ela queria viver o tudo... Você é um romântico?

Bem, depois disso, nada acontece e continua sem acontecer nada até o final do filme que me lembrou um pouco uma viagem que tive uma vez, quando ia pagar contas no bando, eu pensei: Se minha vida fosse um filme, a platéia agora iria ta morrendo de um tédio tão mortal que dá até pena...

Nenhum comentário: