O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

1/02/2006

Adoro o Bloco das Piranhas



Vou ver todo os anos e sempre fico, esse ano que vem eu vou participar! E nunca participo, minha timidez não deixa... Mas adoro. Sempre vejo e morro de rir com algumas coisas.

Esse ano eu vi uma coisa que me fez ficar completamente abestalhado. Pô, colocaram um carro de som na rua, com um equipamento mais potente que o do palco da praia. E rolava os funks mais funks que tu pode imaginar - se é que eu me fiz entender - e juntou a negrada (coletivo de gente de cor negra mesmo) toda envolta dançando freneticamente com uma energia fabulosa, parecia que estavam invocando o King Kong. A coisa contagiava tudo, e as danças eram todas eróticas de mais com um bando de negão de saia e peruca e um bando de gurias lindas, sexys e assanhadas no meio. Era lindo de se ver. Parecia ritual primitivo mesmo. Coisa do Demô total, graças a Deus!!! Mas, o mais foda era que, no meio daquela gente muito negra, mas muito negra mesmo, tinha um guri magrelinho, vestido de calça boca de sino verde limão estilo san trope e com uma frente única indiana em tons de verde. Tudo isso cobria uma pele tão branca como nata! Sem peruca, sem maquiagem, como se ele saísse assim na rua todos os dias. E digo, o cara num era nem um pouco feminino ou ridículo como as pessoas podem imaginar, era um guri muito bem na foto. Rebolava e cantava o funk no meio da negrada com uma intimidade e mais parecia um farol ali de tão "cheguei" que o cara era. Pelo que vi, aquela era a turma dele, ou ele estava entorpecido pra ser dado ao macaco King Kong assim que o portal abrisse.

Fiquei muito tempo vendo aquele ritual e adorei, queria ter levado alguma coisa que filmasse aquilo. Tirando a merda que tem virado a música funk carioca, o resto era bem divertido.

Nenhum comentário: