O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

9/15/2005

A Pedidos



Eu e Raqk falávamos de nossos sonhos aí, ele me disse: "Cara, escreve isso..." - Bem, então tá, né?

Na verdade eu, L. e F. entramos em um quarto que tinha paredes e, ao invés de chão, era um riacho cheio de pedras e que ficava totalmente na sombra - não tinha luz, a iluminação vinha de umas das paredes caídas - das plantas e musgos espalhados pelo lugar.

Então, assim que passamos da porta, entramos no riacho pisando em pedras, pulando pedras e ficamos numa ilhota de pedra, olhando o riacho, viajando no ambiente...

Eu olhei pro canto da parede derrubada e vi uma enorme pedra vindo em nossa direção. "Pedras não se mexem" - pensei e por isso comentei com as meninas.

- Engraçado, eu tinha reparado isso também, - disse a L. - e o que achei estranho é que tem uma cavidade ali que se abre aos poucos, repararam?

- Meu Deus! - disse F., muito nervosa - Aquilo é uma lesma enorme!!! E ela vem encima da gente!!!

O Pânico tomou conta dos três e nos atrapalhamos muito na tentativa de fugir, caímos, escorregamos e, por fim, acordei com a enorme boca da lesma engolindo bem próxima de minhas pernas e a F. berrando.

Acordei!!! Eram sete da manhã aqui em casa... o quarto tava gelado. Tentei me cobrir e dormir, mas tudo recomeçava do berro de F. e da enorme boca da lesma que mais parecia uma pedra pontuda.




As oito horas, o cd começou a tocar - é meu despertador - "Kiss, Kiss me" com Merilyn Monroe... quase uma canção de ninar bem romântica... o efeito foi o contrário. Acalmei, dormir... fui...

Nenhum comentário: