O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

6/05/2005

Black Box



Do nada me deu vontade de ouvir essa coisa... Música feita pra gays e que agradou tanto nas ridículas boatonas - heteros ou não - da década de oitenta e que já me fez rir muito. Esse disco rolava muito nas festinhas que eu ia com meus amigos dessa época tão cheia de festinhas.

Me lembro de L. tentando imitar o cara (ou sei lá o que é aquilo) que cantava "Ride on Time" e a história que cercava essa música era que, os caras num tinham mais dinheiro pra bancar o estúdio e só faltava essa música pra fechar o pacote do LP (é dessa época isso). Aí, acontece que eles tinham ensaiado muito e o cara teria que matar tudo de uma só vez... Mas eles não contavam com a barata que apareceu lá. O cara estava trancado no estúdio e deu um ataque, com a consciência q não podia parar de cantar, pois era só aquela chance. Daí a música saiu daquele jeito... afetaderrrrrrrrrrrema!!! Só isso explica tanta afetação.

Ria muito enquanto L. dublava a música nas festinhas...

Mas não para por ai, tinha A. que amava "Everybody Everybody" e baixava uma coisa nela - ela mesmo não sabia explicar - mas ele cismava que sabia dançar como americanos em videoclips, e fazia cara de sofrimento quando chamava todo mundo!!! "Everybody! Everybody!" Era tanta dor e emoção que me fazia chorar de rir da cara de A. q não parava! Só quando a música acabava... Ela sofria muito quanto tocava esse raio dessa música, coitada!!!

"É muito difícil invocar as pessoas, pode apostar que é!!!" - dizia A.

Engraçado sou eu aqui, ouvindo "Black Box" e nem sei mais se A. ou L. estão vivos. Fora P. também, que invocava muito com esse disco. Dizia logo, quando tocava "Hold on"; - Olhem! Meu cabelo ta liso!!! Eu to linda!!! Eu to magra!!! - e saia a rebolar como uma doida nas pistas de dança e a sacudir o cabelo que ela jurava estar saindo do lugar...

Quantas lembranças boas desse LP! Espero que ele acabe logo, pois não agüento mais ouvi essa porcaria ridícula... o tempo é o melhor remédio...

Nenhum comentário: