O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

11/04/2004

Mudanças



Tenho eu pensado nisso; na capacidade de alguns de mudar o rumo de suas vidas, transformar tudo em outra coisa... E fico estranho!

Às vezes penso que estamos exatamente onde "querem" que a gente esteja, fazendo exatamente o que "querem" que a gente faça. Como naquele livro, "1984" ou aquele outro "Admirável Mundo Novo". Por isso é tão difícil mudar, por isso quase sempre nem se pensa nisso...

Mas eu vi um pequeno "clip" que uma amiga me mandou, onde falava em mudar tudo, fazer coisas que tu não costuma fazer, renovar suas esperanças, abrir o leque de atitudes. Vendo o pequeno "clip" da uma vontade de sair à luta, pegar minhas malas e entrar no primeiro meio de transporte que me deixe em Honolulu e lá, dar meu jeito de me instalar e por lá ficar... Até a hora de sentir vontade de mudar, novamente.

Mas aí vem na minha cabeça a terrível visão que "alguém" esta mexendo na minha peça - eu mesmo - e isso não é nada a minha vontade... é o jogo. E eu não sei se quero jogar...

Tudo parece à mesma coisa. Se correr; te pegam, se ficar; te engolem... Odeio essa sensação doida de que estou aqui contribuindo pra que alguém exista que não sou eu mesmo, e, cada dia da minha vida que vem passando, essa sensação fica mais forte. Talvez seja a morte a única maneira de sair do jogo. Ou ficar eternamente parado, como uma estátua viva no centro de uma cidade qualquer.

Nenhum comentário: