O patinho tavu na lagoa... O Menininho tavu na canoa... Se eu fosse uma brabuleta.... Pegavu ele e butavu na maleta....

5/09/2004

Mundo Chato!!!



Pois é assim, as pessoas que querem que eu fale da Europa ai vai:
Falarei de moda, pois estou no pais da moda, oras bolas!

A moda em Paris de hoje é ser antissemita, é o que ha! E isso é muito irritante, se querem saber... Existe uma preocupação com a pobre judeusada que teve seu cemitério invadido e suas tumbas profanadas com o simbulo nazista. Acho que foi uma maneira de dizer que rola uma duvida, no ar. E isso imediatamente virou debate que não para! Os canais importantes se preocupam! Os judeus posam de coitados, pois, se não fosse apenas os neo nazistas agora os mulsumanos os agridem em plena rua e a luz do dia.

Uma garota foi “atacada� no mêtro por dois “arabes� que, pediram gentilmente pra ela tirar seu colocar judeu e o jogaram no chão, cuspiram e disseram pra ela: “Aqui a senhorita não pode andar com tal simbolo, por favor!� E isso ja foi motivo por uma alvoroso que ja ta virando estatistica e tése!

A judia por outro lado, achou que podia ostentar o seu colar judaico num bairro de periferia mulsumano, ou melhor, dito bairro mulsumano. Cara de pau! Apareceu na tvê!

Por outro lado, os mulsumanos andam por toda Paris, vestidos como de habito, inclusive em Marre, bairro dito judeu e gay também, e nada lhes acontece... Alias, não entendo essa babaquice territorial dessa meleka aqui! Neguzinho qué organizar tudo e fica criando coisas como essas... ora bolas! Os mulsumanos estão ali porque? Os judeus estão la porque? Ta todo mundo no seu lugar? Porra nenhuma!!! So sei que, morar no tal bairro mulsumano tu paga uma bagatela – aos moldes de Paris – e no bairro judeu, pra morar num cubiculo, vc tem que ser rico pra caralho!

Mas isso não importa além do fato de saber que os mulsumanso somatisam a bandalha que se faz em Israel e, aqui, tentam se vingar, aumentando assim a porcentagem do antissemitismo! Eis ai, a moda!!! De alguma maneira doida, um europeu qualquer – dito catolico quase ateu – resolveu juntar na mesma panela, mulsumanos e hitleristas! Ai Jesus! Eu ouvi um mané falar na tvê que, antes dos mulsumanos, ou seja, quando so eram os nazistinhas, os judeus não sofriam tamanha violência nas ruas e que a coisa, agora, esta fora de controle... Não fode!!! Isso tudo deve estar ajudando muito ao Estivi’n’Spilberg pensar num novo filme sobre judeu coitadinho...


Agora, o que mais me doeu nessa babaguice tota, foi saber que, A Pequena Sereia Charon é o que ha de melhor na corja de filhas da puta que governam aquela merda de terra prometida! Pois foi ele quem veio com o plebicito pra retirada dos judeus invasores da faixa de gaza e outros locais palestinos. Mas no voto, o babaca se fudeu! Nenhum semita radical quer a retirada dos pobres judeus de la, porque não são as mães deles que estão la, vivendo aquela desgraça! É povo! E povo pode ser discartado... Assim que a invasão for concretizada as terras serão devolvidas para seus antigos donos, que, com certeza, não serão os imbecis fanaticos assentados na linha de frente. Vai tudo ficar pros malandrinhos que esperam o messias sentados em vacas de ouro!

Mas povo é assim mesmo, ignorante e massa de manobra! Melhor maneira de tomar o poder é se utilizar da ignorancia e do fanatismo do povo; Vide Dona Rosetinha e se Mulecotezinho...

So que tem uma coisa que me assusta nisso tudo. Todos nos sabemos que o mundo humano se divide em duas espécies so; os babacas e os gente-boas! E essas espécies trafegam por todas as etnias quase que lado a lado e, na maioria das vezes, no mesmo lado. Ja é impossivel separar o joio do trigo... Isso tem toda a cara que vai sair do controle, e, sei não... Acho que estamos pertinhos de ver a grande merda que vai dar tudo isso... Enfim, tomara que o resultado seja possitivo no sentido de não existir mais, judeu, catolico, protestante, mulsumano ou qualquer porra separatista pelo ideal radical. Mesmo que isso implique no exterminio de uma raça bem sucedida mas que so faz merda...

Me lembrei de uma musica de um grupinho da decade de 80 que dizia mais ou menos assim: “A europa esta um tedio, vamos tranzar um estilo, mas não vejo outro remédio se não descer o rio Nilo... Descendo o rio Nilo eu aqui fico pensando, o que você faria se estivesse visto aquilo... o quê? Amor de crocodilo, descendo o rio Nilo...� – Acho que era o Capital Inicial ou o Picassos Falsos... sei la e nem me importo muito em saber...

Nenhum comentário: